Create your survey with SurveyMonkey

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Tragédia: Filipinas elevam para 1,7 mil o número de mortos por tufão.

A ONU, por outro lado, estimou em mais de 10 mil o número de mortes provocadas pelo fenômeno



Tacloban - Pelo menos 1.744 pessoas morreram nas Filipinas durante a passagem do tufão "Haiyan", informaram nesta terça-feira os órgãos oficiais do país, enquanto os dados extraoficiais falam de dezenas de milhares de mortos.

As Nações Unidas, por outro lado, estimou em mais de 10 mil o número de mortes provocadas pelo tufão que há quatro dias arrasou as províncias centrais do arquipélago.

O Conselho para a Gestão e Redução de Desastres do país prossegue com uma lenta apuração oficial e, em seu último relatório, também fala de 2.487 feridos.

Cerca de 10 milhões de filipinos foram afetados pelos estragos causados pelo tufão "Haiyan", batizado como "Yolanda" pelas autoridades locais. Pelo menos 660 mil pessoas estão desalojadas, segundo estimativa do órgão governamental.

O último relatório oficial, que datava de segunda-feira, cifrava os mortos em 255.

Além de Tacloban, a capital da ilha de Leyte, onde são estimados uns 10 mil mortos apenas na cidade, existem muitos povoados pequenos pela região que estão totalmente isolados e nos quais a ajuda humanitária ainda não chegou.


Nenhum comentário: