Cavalgada dos amigos

Cavalgada dos amigos
Create your survey with SurveyMonkey

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

PREFEITO BARBOSA JÚNIOR EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO A RESPEITO DE SUA POSSÍVEL PRISÃO POR DESCUMPRIMENTO DE ORDEM JUDICIAL


Nota de Esclarecimento

A fim de esclarecer as informações inverídicas veiculadas injustamente em alguns meios de comunicação da região, viemos apresentar nosso manifesto oficial sobre os fatos acerca da matéria intitulada “PREFEITO DE FILADÉLFIA SOFRE MAIS UMA DERROTA NA JUSTIÇA E PODE TER PRISÃO DECRETADA POR DESCUMPRIMENTO À ORDEM JUDICIAL”, divulgada com a assinatura de “Sansil Comunicação”.

Alega a matéria, certamente por leviandade e movida por interesses obscuros que o prefeito municipal de Filadélfia vem acumulando sucessivas derrotas tanto no âmbito da Justiça, como no âmbito político e que pode ter prisão decretada por descumprimento de ordem judicial.

Trata-se de Sentença Judicial proferida pelo Excelentíssimo Senhor Dr. Juiz de Direito da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Pindobaçu/BA, nos autos do Mandado de Segurança nº 0000012-42.2013.805.0196 que entendeu pela reintegração de alguns dos ocupantes do cargo de auxiliar de serviços gerais, mas, não por entender ilegal o afastamento dos mesmos, mas levando em consideração o tempo demandado para conclusão do processo administrativo que se encontra em fase de conclusão.

Insta destacar que o prefeito municipal, o Senhor Antônio Barbosa dos Santos Júnior, fora intimado da sentença citada na data de 10 de dezembro do corrente ano, não havendo, portanto decurso de um tempo juridicamente relevante para que seja sequer cogitado descumprimento de ordem judicial.

Ao contrário, o prefeito municipal de Filadélfia, embora tenha interposto recurso contra a decisão em tela, sempre prezou pelo fiel cumprimento de decisão judicial e inclusive já fora encaminhado para publicação Decreto municipal nº 129/2014 que dispõe sobre a reintegração dos referidos servidores, convocando os mesmos para se apresentarem no prazo de 24 horas à Secretaria Municipal de administração no intuito de serem devidamente lotados para desempenharem suas funções.

É de conhecimento de todos os diversos indícios de irregularidades que viciaram o Concurso Público/REDA, de Provas e Títulos, com Edital Tombado sob o nº 01/2012, realizado na Prefeitura municipal de Filadélfia.
Diversamente do que tentou pregar a matéria veiculada na imprensa pela tal “Sansil Comunicação”, a atual gestão municipal de Filadélfia vem desempenhando o seu mister de gerir com responsabilidade, em conformidade com os princípios que regem a administração pública, seguindo rigorosamente o principio da estrita legalidade e transparência e jamais descumpriria ordem judicial.

Resta inequívoco que tempestivamente fora cumprida a ordem judicial em comento e não há, portanto qualquer ou razão que justifique sequer o requerimento de sanção por desobediência à ordem judicial.
Basta uma simples leitura da matéria inverídica e leviana publicada em alguns meios de comunicação da nossa região para denotarmos o interesse mesquinho e injusto de macular a imagem do prefeito municipal de Filadélfia.

Não é verdade também que o prefeito municipal de Filadélfia, o senhor Barbosa Junior venha sofrendo sucessivas derrotas na esfera judicial e nem tampouco na esfera politica, onde até mesmo o resultado das eleições 2014 deu expansiva vitória aos candidatos por ele apoiado.

Por estas razões é que, qualquer divulgação que venha a ser divulgada em consonância com a realidade fática, aos bons costumes e princípios éticos e morais jamais trarão qualquer prejuízo à administração ou imagem do prefeito Barbosa Júnior.

Repudiamos, portanto, que sem buscar conhecer a verdade, sem compromisso com o leitor e com a população, busca o autor da matéria, de forma obscura e injusta, macular os fatos e denegrir a imagem da gestão do Sr. Barbosa Júnior.

Nos entristece que esse tipo de afronta à inteligência do povo ainda aconteça e seja endossada por pessoas que inclusive dedicamos estima, respeito e consideração.

Beira ao ridículo e deve ser veementemente rechaçado pela população, bem como pelo Judiciário, atitudes injustas, perversas e com interesses tão mesquinhos como estes.

A democracia para alguns só é legítima quando não lhes oferece benefícios. Democracia para estes deve ser obediente a suas ações e pensamentos, mesmo que estejam equivocados ou em flagrante atividade ilícita. Leviandades e inverdades como estas produzidas pelo autor da matéria serão sempre justificáveis e convertidas em “liberdade de expressão”, muito embora sem nenhum compromisso com a verdade, mas, tão somente com interesses mesquinhos e pessoais.

Por fim, observemos que além das informações deturpadas, o autor da matéria se refere por diversas vezes ao gestor municipal de Filadélfia pelo nome de “BarbosINHA”, buscando o uso do diminutivo para ofender e depreciar a imagem do prefeito e assim satisfazer a interesses estranhos, em detrimento do desgaste da imagem de um prefeito sério, competente e justo, embora jovem.

Distorcer a verdade dos fatos para macular a imagem de quem quer que seja é no mínimo uma atitude covarde e injusta.

O que se assemelha a crime é a forma perversa a que alguns recorrem para alcançar interesses, atacando, insultando, e mentindo!
Será que poderíamos chamar a isso de fantasioso, ridículo e má fé ou seria somente desinformação?

A matéria em questão é clara demonstração de má fé e fere a imagem e reputação do prefeito Barbosa Junior.

Repudiamos profundamente a citada matéria publicada.

O Prefeito Municipal, Sr. Antônio Barbosa dos Santos Júnior, diferentemente do que está sendo lançado, sempre agiu em rigoroso cumprimento com os preceitos morais, legais e éticos, e como sempre, informa a todos de forma clara e objetiva a VERDADE DOS FATOS!
ASCOM – Barbosa Júnior


http://4.bp.blogspot.com/-0gMJZThMRyE/UdP6il8sqWI/AAAAAAAADsw/D3RVNhMCSfw/s691/BARRA2.gif

Nenhum comentário: