Create your survey with SurveyMonkey

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

BONFIM: 16 DIA DE GREVE NO HOSPITAL REGIONAL.



Na manhã dessa terça-feira (06), dia em que era vivenciado o 16º dia de greve no Hospital D. Antônio Monteiro, aconteceu na calçada da instituição, mais uma assembleia extraordinária, convocada pelo Sind+Saúde local, que contou com representante do Sind+Saúde Estadual, além dos diretores do SISMUSB,  Senhora Sônia Lúcia e Raimundo Nonato.


Na ocasião a Delegada Mara Lisboa, revelou que durante as negociações em dezembro passado, foi colocado para a mesma uma situação em que mostrava que alguns funcionários da casa de saúde que exercem a mesma atividade, uns recebem mais que outros, onde foi sugerido à Delegada, a possibilidade de equiparar os vencimentos, "em dezembro a secretária de saúde junto com o procurador e o senhor Roberto, lá na prefeitura junto a comissão de trabalhadores, onde eles falaram que olhando as carteiras dos trabalhadores do hospital, eles perceberam que alguns trabalhadores ganham salários diferenciados, eu confirmei que isso era verdade, não sei o porque, houve agraciamento, dentro da própria enfermagem existe isso, a gente não sabe porque, mas acredito que por conta de diretor clínico, diretor financeiro, mas que houve, houve, então eles disseram pra gente que iriam cortar esses diferenciais pra reduzir e igualar salários, nós dissemos que não iríamos nos meter e que esse problema era da empresa com funcionário, até porque também já tem funcionários que já passam de dois anos e não pode mais mexer, é lei, então quando a Secretária fala que nós temos que achar alternativa, uma das coisas tenho certeza que ela queria que déssemos esse aval até por escrito, e o Sindicato não vai fazer isso, jamais", disse Mara Lisboa.


Outra situação apresentada na assembleia foi a revolta da Delgada Lisboa, que vendo poucos funcionários que pediram a greve, mas não comparecem nem mesmo para fazer número no movimento, na ocasião Mara colocou em cheque seu posto de Delegada, se outros funcionários não comparecerem a frente do hospital, demonstrando união.

Segundo Mara Lisboa, o Procurador do Município havia lhe procurado no final da tarde de segunda-feira (05), e disse que tem propostas para apresentar na reunião que está agendada para esta quarta-feira (07), onde discutirão, sobre o 13º e os reajustes.

Finalizando e ainda revoltada, Mara relatou, "na última assembleia que a Secretária participou, ela disse com muita clareza, que o hospital em seis meses fecha, porque não tem dinheiro, que a verba que vem é pouca, então assim sempre procurando um culpado, culpado são eles mesmo, quando eles assumiram eles já conheciam a situação, ele (Prefeito) ele já trabalhou aqui no hospital, então o que está acontecendo?, a prefeitura hoje está virando um quartel de militar da reserva, usando seu terror e sua ditadura, porque são ditadores, certo?, eles não têm capacidade de resolver os problemas, porque chegaram como deus que iriam salvar o mundo e a gente tá vendo ai que infelizmente Bonfim está sendo afundado". desabafou Lisboa.

Mara ainda ratificou que se na reunião desta quarta-feira, não houver propostas concretas a greve vai continuar.

Maravilha Notícias  

COMENTÁRIOS:

http://4.bp.blogspot.com/-0gMJZThMRyE/UdP6il8sqWI/AAAAAAAADsw/D3RVNhMCSfw/s691/BARRA2.gif

Nenhum comentário: