Create your survey with SurveyMonkey

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Cooperativa protocola pedido para legalizar exploração de garimpo em área entre Cansanção e Nordestina.

Representantes da Cooperativa de Garimpeiros do Vale do Itapicuru (Coopegavi) protocolaram na sexta (18), na sede do Departamento Nacional de Produção Mineral da (DNPM) da Bahia, em Salvador, um pedido de registro de permissão de lavra garimpeira para exploração de uma área que fica no limite entre os municípios de Cansanção e Nordestina. Documentos com dados da cooperativa  e de integrantes foram entregues ao órgão, que é responsável por analisar o processo de legalização e autorizar a atividade no local. Conforme a cooperativa, que também aguarda posicionamento do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), o processo está em andamento, mas não há previsão de quando a exploração no local será legalizada – já que ainda é preciso realizar o processo de legalização ambiental da área. Estiveram na sede do DNPM, na capital baiana, os cooperados Roudillys Rios e Rondinelly Rios e o engenheiro Paulo Sérgio de Amorim Paranhos, que possui vasta experiência nos setores de mineração e meio ambiente. Em tempo, a cooperativa informou que para elaboração do processo contou com o apoio das prefeituras de Cansanção e Nordestina e da Associação de Moradores do Povoado Nova Esperança.

Notícias de Santaluz

Nenhum comentário: