POSTAGENS RECENTES

Aeroporto de Salvador só tem combustível até amanhã (27).


Em Ilhéus, no sul baiano, o aeroporto Jorge Amado, administrado pela Infraero, já está sem combustível, segundo informações da estatal

A greve dos caminhoneiros que afeta vários segmentos do país também vem causando transtornos na aviação. Na Bahia, a Vinci Airports, empresa francesa que administra o aeroporto de Salvador, informou que a garantia das operações com a atual reserva de combustível só vai até este domingo (27).

“Por conta do fechamento de alguns aeroportos no Nordeste e o aumento do número de solicitações de voos alternados para abastecimento (incluindo rotas internacionais, de alto consumo), a Concessionária do Aeroporto Salvador Bahia reajustou sua expectativa de autonomia. As solicitações de voos oriundos de outros aeroportos serão avaliadas pontualmente, a fim de garantir a programação local de voos e assegurar a mobilidade dos nossos passageiros”, informou a empresa através de nota.

Em Ilhéus, no sul baiano, o aeroporto Jorge Amado, administrado pela Infraero, já está sem combustível, segundo informações da estatal. O aeroporto local não foi fechado, mas as aeronaves que pousam com previsão de novos voos precisam chegar ao local abastecidas.

Na cidade de Vitória da Conquista, na região sudoeste, o aeroporto Pedro Otacílio Figueiredo – administrado pela Socicam – informou que os voos de ontem estavam garantidos, no que diz respeito ao combustível. Contudo, conforme o G1 Bahia, não foram divulgadas informações com projeções para os próximos dias.

Já em Barreiras, no oeste, o aeroporto não teve voos cancelados, de acordo com o mesmo portal. Contudo, o terminal só garante as operações também até este domingo, caso a greve dos caminhoneiros não acabe. A reportagem entrou em contato com a Sinart, empresa que administra o aeroporto de Porto Seguro, no sul da Bahia, para saber como está a situação no local, mas não teve êxito.

Tribuna da Bahia

Nenhum comentário