POSTAGENS RECENTE

Vereadores aliados do prefeito de Senhor do Bonfim se negam a discutir sobre processo seletivo REDA.


A Prefeitura de Senhor do Bonfim pretende realizar um processo seletivo simplificado REDA para preenchimento temporário de 543 vagas distribuídas entre ação social, saúde, educação, administração, infraestrutura e outras. No entanto, vários candidatos aprovados no concurso público realizado em 2016, na gestão do ex-prefeito Edivaldo Correia, ainda aguardam convocação. 

Diante essa situação, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Senhor do Bonfim (SISMUSB) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Senhor do Bonfim (SINTESB) solicitaram um debate com os vereadores para discutir sobre o projeto de Lei 013 de 2019, do executivo municipal, que visa a realização do processo seletivo simplificado REDA. No entanto, os vereadores aliados do prefeito Carlos Brasileiro votaram contra o requerimento. 

Assim, o presidente do SISMUSB, Raimundo Nonato Oliveira, questiona “Que governo é esse que não aceita a realização de um debate para discutir assuntos do interesse da população bonfinense? Onde está a democracia?”. E, indagou ainda que “O prefeito, Carlos Brasileiro, diz não ter dinheiro para conceder reajuste aos professores e demais servidores públicos do município, mas terá dinheiro para contratar 543 cargos temporários?”. 

Apesar de alguns vereadores se negarem a discutir com o SISMUSB e o SINTEST, o presidente da Câmara de Vereadores, Cleiton Vieira concederá espaço na sessão ordinária nesta quinta-feira (03) para que os sindicatos apresentem suas opiniões. O projeto será votado na Câmara de Vereadores de Senhor do Bonfim.

Lorena Simas
Assessora de Comunicação do SISMUSB

Nenhum comentário