Postagens Recentes

Governo da Reconstrução não quer pagar o piso salarial dos professores.


O reajuste do Piso Salarial Profissional Nacional de 12,84% para 2020 já está em vigor desde 1º de janeiro. Por lei, prefeitos e governadores tem obrigação de repassar aos docentes a reposição salarial definida pelo Ministério da Educação (MEC) a partir do cálculo do custo-aluno.

Sem valorização proficional, os professores da rede municipal de Filadélfia, vem tentando negociar com o prefeito, só que, segundo o Diretor de Finanças do Sisef, Valmir Dantas, o prefeito se esquiva e joga os secretários na frente para tentar convencer os professores que a prefeitura não tem recursos para o cumprimento do Piso Salarial.

"A gente encaminhou o Oficio ao Prefeito, pedidndo que ele marcasse reunião com o Sindicato para discutir a data base e a resposta dele foi que procurasse-mos os secretários de cada categoria, que ele não ia sentar com o Sindicato para fazer essas negociaçãoes não" Disse o Diretor do SISEF.

Revoltado o Professor Messias fez seu desabafo nas redes sociais: "Eu passei muito tempo acreditando que o prefeito Louro Maia tivesse um carinho especial pela educação mas agora por mais que eu queira fechar os olhos e me calar não poderei pois é notório que o que querem é um arraial todo enfeitado por fora mais sem alegria. O arraial é o que o povo vê nas propagandas de marketing para iludir a população porém o principal não é de excelência devido não ter estimulo por parte do poder público" Disse o Professor.

Segundo levantamento da Diretoria do SISEF, o Governo da Reconstrução não tem valorizado os servidores como deveria. Uma tabela mostra a decadência dos salarios dos professores nos últimos anos.  

Tabela de dados do SISEF.


Filadelfia em Notícias.

Nenhum comentário