Postagens Recentes

JUAZEIRO:Justiça determina imediata transferência de recursos para Hospital Regional

A Justiça determinou que o governo do estado repasse imediatamente os recursos atrasados destinados à gestão do Hospital Regional de Juazeiro. A decisão é do juiz José Góes da Silva Filho, que acolheu pedido do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) feito pela promotora Rita de Cássia Rodrigues.

O magistrado determinou ainda que o Estado promova a reestruturação da unidade hospitalar, com reforma e aquisição de mobiliário e equipamentos novos. A Associação de Proteção à Maternidade e à Infância Castro Alves (Apmica), gestora do hospital, deverá adquirir insumos e medicamentos necessários para o atendimento dos pacientes – seja em consultas, exames, cirurgias ou internações.

Em maio, o Ministério Público afirmou que pediu à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), via ofício, esclarecimentos sobre o suposto atraso dos repasses do Fundo Estadual de Saúde ao Hospital Regional de Juazeiro. A Apmica havia apontado falta do repasse mensal de aproximadamente R$ 3,7 milhões como justificativa para atraso dos salários de médicos que trabalham na unidade. Os atrasos teriam começado a ocorrer há quatro anos.

A situação do hospital é objeto de ação civil pública ajuizada em 2016 pela mesma promotora. O processo tramita na 1ª Vara da Fazenda Pública de Juazeiro.BAHIA.BA

Nenhum comentário