Postagens Recentes

PRF DE BONFIM PRENDE ESTELIONATÁRIOS ESPECIALIZADOS EM APLICAR GOLPE DO ‘CARTÃO’ EM APOSENTADOS



A dupla possuí uma extensa ficha criminal e com inquéritos policiais em andamento nos estados do Piauí, Mato Grosso, Maranhão e Amazonas.


Na tarde de ontem (03), a Polícia Rodoviária Federal prendeu dois homens que aplicavam golpes a idosos e aposentados. A prisão ocorreu por volta das 13h40, no KM 117 da BR 407, trecho de Senhor do Bonfim, município localizado na região norte da Bahia.


A ação foi desencadeada após a PRF receber a denúncia que um aposentado havia sido vítima de um golpe (estelionato). O crime teria ocorrido em 28 de janeiro, na cidade de Paulistana (PI), quando o idoso foi retirar seu benefício na agência do Banco do Brasil e foi vítima de furto mediante fraude.


Conforme informações repassadas pela polícia do Piauí, dois homens foram identificados como os responsáveis pelo cometimento do crime e após subtraírem o dinheiro do idoso teriam seguido em direção ao estado da Bahia a bordo de um veículo Fiat/Mobi, na cor branca.


Prontamente, a equipe diligenciou e visualizou o automóvel transitando na rodovia com 02 ocupantes. Foram solicitados os documentos do veículo, do motorista e do passageiro para uma consulta detalhada nos sistemas de órgãos de segurança.


Após alguns minutos de conversa e pesquisa ao banco de dados, os PRFs verificaram que se tratava da dupla acusada de aplicar o golpe ao idoso em Paulistana, inclusive, os homens trajavam as mesmas vestimentas do dia do crime, conforme vídeos encaminhados para o setor de investigação.


Foi verificado também que a dupla possuí uma ficha criminal extensa e com inquéritos policiais em andamento nos estados do Piauí, Mato Grosso, Maranhão e Amazonas.


Diante dos fatos, os presos foram encaminhados à autoridade competente da Delegacia de Polícia Civil, para as providências cabíveis. O veículo é de propriedade de uma empresa locadora de automóveis.


Como ocorria o golpe


A dupla de estelionatários oferecia ajuda aos idosos que tinham dificuldade de usar o caixa eletrônico nas agências bancárias. Já de posse do cartão e da senha do aposentado, um dos golpistas dizia que o dinheiro havia acabado. Nesse momento de distração, o segundo homem retirava o dinheiro liberado pela máquina.


Eles depois entregavam o cartão para o idoso que acreditava que o saque não havia sido realizado. Os golpistas ainda orientavam a vítima a procurar um funcionário do banco para resolver o problema do cartão.


ASCOM - PRF

Nenhum comentário