Postagens Recentes

Ponto Novo: Pesquisa IBOPE é impugnada pela Justiça Eleitoral


A juíza Ana Lúcia Ferreira Matos, da 149ª Zona Eleitoral de Itiúba determinou o impedimento de divulgação de pesquisa que foi contratada e seria divulgada pelo grupo de oposição de Ponto Novo, que tem como pré-candidato a prefeito o Dr. Thiago Gilleno, e o ex-prefeito Adelson Maia – pré-candidato a vice.

O levantamento foi realizado e seria divulgado pelo IBOPE INTELIGÊNCIA PESQUISA E CONSULTORIA LTDA, a decisão veio após o PL (Partido Liberal) ingressar com pedido de impugnação de registro e divulgação.


Na denúncia, são apontadas irregularidades como número de entrevistados, às ponderações de gênero, não há qualquer informação acerca do número e percentual de entrevistados sob essa rubrica, à idade dos entrevistados, o percentual apresentado não condiz com os dados do TSE para as faixas etárias apontadas, os índices apresentados para o nível econômico dos entrevistados não apresentam correlação com as fontes apontadas pela Atlas Brasil e na data da entrada na cidade de Ponto Novo para a realização pesquisa, na qual já antecipou o resultado de ato ainda não praticado, maculando a isenção dos dados coletados, deixando entrever manipulação.


De acordo com o parecer da juíza, o resultado pode ser divulgado patente do perigo de dano de difícil reparação. “Ante o exposto, entendo presentes os requisitos legais, defiro o pedido de tutela de urgência para fins de impedir a divulgação dos resultados da pesquisa eleitoral BA-06166/2020 PELAS REPRESENTADAS, até ulterior deliberação, SOB PENA DE MULTA DIÁRIA DE R$ 1.000,00 (mil reais)”, publicou.

Essa já e a 2ª pesquisa impugnada da oposição de Ponto Novo em menos de um mês pela justiça.

Redação: Web Interativa

Nenhum comentário